Quais são as tecnologias de impressão existentes?

Existem inúmeras marcas e modelos de impressoras no mercado, e da mesma forma existem várias tecnologias de impressão. Conheça como funcionam as tecnologias mais comuns, e quais são suas vantagens e desvantagens.

Jato de tinta

A tecnologia jato de tinta é a mais popular e devido a essa popularidade o preço das impressoras caiu drasticamente, permitindo que qualquer um faça impressões coloridas com qualidade razoável.

Esta tecnologia tem um funcionamento bem simples: pequenos (microscópicos) jatos na cabeça de impressão expelem a tinta em direção ao papel. A tinta, geralmente feita à base de água, atinge o papel e penetra em suas fibras, fixando-se.

Vantagens: Baixo custo de aquisição do equipamento. Imprime em uma grande variedade de papéis. Permite imprimir fotos com qualidade similar a de um laboratório, desde que se usem tintas e papéis adequados.

Desvantagens: O custo dos cartuchos originais pode ser alto demais. Baixa velocidade de impressão, sobretudo em qualidade fotográfica. Impressão pode não ser resistente a água.

Laser

A tecnologia laser oferece alta qualidade e alta velocidade de impressão por um custo acessível. A impressora laser dispõe de um cilindro fotossensível, que é usado como uma matriz para a impressão. Um laser de alta precisão instalado dentro da impressora gera uma carga elétrica neste cilindro. Esta carga atrai o pó de toner no formato exato da impressão, que em seguida é transferida para o papel. Por fim, um sistema de aquecimento esquenta o papel para que o toner se fixe de forma permanente.

Vantagens: Alta velocidade e altíssima qualidade de impressão. Impressão resistente a água e ao sol. Baixo custo por página, sobretudo nas impressoras laser preto e branco.

Desvantagens: Impressoras laser coloridas geralmente têm um custo por página muito alto. Impressão fotográfica não é tão boa quanto em impressoras jato de tinta. Certos papéis (especialmente o couché comum) não funcionam corretamente nestas impressoras e podem até danificá-las.

Matricial

As impressoras matriciais utilizam uma cabeça específica que se move de um lado para outro. Dentro da cabeça existem pequenos pinos de metal que batem contra a fita entintada e deixam uma marca no papel. O funcionamento é similar ao de uma máquina de escrever.

Estes equipamentos deixaram de ser comercializados para uso doméstico por terem sido superados pelas outras tecnologias, mas ela ainda encontra utilidade no setor comercial devido a sua grande robustez e baixíssimo custo de impressão – uma fita entintada custa cerca de R$ 3 e rende centenas ou milhares de folhas. Além disso, as impressoras matriciais são as únicas que conseguem imprimir em múltiplas vias, com ou sem carbono, o que as torna ideais para imprimirem notas fiscais.

Vantagens: Impressora com alta robustez e baixa manutenção. Excelente velocidade na impressão de textos (pode imprimir gráficos, mas é lenta). É a única impressora capaz de imprimir múltiplas vias ao mesmo tempo.

Desvantagens: Baixa qualidade, embora os textos sejam bem legíveis. Só pode imprimir na cor usada na fita entintada.

Térmica

Esta é a mesma tecnologia usada em aparelhos de fax (alguém ainda se lembra disso? :D), e agora volta ao mercado com uma nova utilidade: em terminais de autoatendimento, em terminais de cartão de crédito, em emissores de cupom fiscal (nota fiscal) e em uma enorme variedade de equipamentos comerciais. A impressora térmica não possui partes móveis e não usa tinta para imprimir, o que a torna extremamente robusta, silenciosa e de pouca (ou nenhuma) manutenção.

O papel possui um tratamento especial que o faz ficar escuro quando aquecido. A impressora possui uma barra que aquece partes específicas do papel à medida que ele é puxado, realizando a impressão. E o conjunto todo é extremamente compacto, permitindo que este sistema seja embutido em qualquer outro equipamento.

Vantagens: Impressora com alta robustez e baixa manutenção.

Desvantagens: Só pode imprimir em papéis especiais. Não é possível imprimir em cores. A impressão no papel tem durabilidade máxima de 5 anos.

Sublimação (dye sublimation)

Não confunda com o processo de sublimação utilizado para personalizar camisetas, canecas e outros produtos. Apesar de ter um funcionamento parecido, eles são diferentes.

Esta tecnologia de impressão não utiliza cartuchos com tinta, mas uma fita plástica contendo as quatro cores básicas em estado sólido. O sistema de impressão aquece a fita, fazendo com que a “tinta” se evapore e se fixe no papel. A impressora é capaz de variar a evaporação da tinta, permitindo criar tons suaves sem o pontilhamento comumente encontrado nas impressoras jato de tinta.

Esta tecnologia de impressão é usada em impressoras fotográficas de pequeno formato (que não são muito comuns no Brasil), em impressoras profissionais de médio formato usadas em laboratórios fotográficos, em impressoras de crachás e em impressoras industriais de CD e DVD. Alta qualidade e produtividade são as principais vantagens deste sistema.

Vantagens: Alta velocidade e qualidade de impressão. Impressão naturalmente resistente a água e ao sol. Custo de impressão relativamente baixo.

Desvantagens: A impressora só é capaz de imprimir no tamanho para o qual foi desenvolvida. Não é possível imprimir em papéis comuns como sulfite ou glossy. É necessário usar cartuchos próprios fornecidos pelo fabricante da impressora.

Você tem uma dúvida sobre impressoras, transfer, bulk ink e deseja obter respostas? Use a seção Perguntas e respostas do nosso site. Clique no botão abaixo para ir até lá.

Se você quer discutir o conteúdo deste artigo, acrescentando ou corrigindo informações, ou ainda perguntar algo sobre o seu teor, use o espaço abaixo. Mas lembre-se: Para tirar dúvidas sobre outros assuntos não relacionados a este artigo, use a seção Perguntas e respostas. As perguntas postadas aqui serão excluídas e não serão respondidas.

Comente este artigo