A transferência ficou ruim, borrada ou falhada. E agora?

O processo de sublimação depende da utilização correta de pressão, temperatura e tempo, que podem variar de um produto para outro ou até mesmo de um dia para o outro.

Veja algumas dicas:

  • Espere a prensa aquecer até a temperatura correta antes de começar a prensagem e depois de fazer uma prensagem.
  • Regule a pressão para que fique firme, mas não muito apertado.
  • Se a personalização ficar embaçada, significa que você prensou o produto tempo demais ou com uma temperatura muito alta.
  • Se a personalização ficar com falhas ou manchas, significa que você prensou o produto por pouco tempo ou com temperatura muito baixa. Nesses casos você geralmente pode recolocar a arte na mesma posição e colocar novamente na prensa por mais alguns segundos.

A pressão, temperatura e tempo ideais normalmente são fornecidos no manual de instruções de sua prensa. Você deve usá-los como ponto de partida e fazer vários experimentos variando-os até encontrar a configuração ideal para você. Por exemplo: tente usar 205 graus Celsius e 160 segundos para prensar uma caneca. Essas variações na temperatura e no tempo podem ser necessárias de acordo com o produto, a região, a temperatura no local e outros fatores.

131 comentários em “A transferência ficou ruim, borrada ou falhada. E agora?

  1. Parabéns pela explicação. Muito útil e direta. Eu estava com problemas com uma T50 e segui suas orientações e ainda apliquei perfis personalizados. Os resultados ficaram superiores aos oferecidos no mercado.

  2. Olá, Tenho tido o seguinte problema na sublimação de canecas: após retirar a caneca da prensa a imagem está ok, mas após o esfriamento da caneca a tinta parece que se desloca para as áreas brancas da caneca, de modo que dá aspecto de borrada(esfumaçada) deixando os contornos menos nítidos. Isso não ocorre em todas as estampas que faço, tende a ocorrer em imagens que contêm espaços em branco, pra onde a tinta colorida se desloca.

    Uso uma Epson t33, tinta sublimática, papel sublimático, canecas próprias para sublimação. Todos os materiais comprados com fornecedores com certa tradição em materiais de sublimação.

    Agradeceria muito se pudesse dar uma dica de como resolver esse problema. Obrigado.

  3. Depois de retirar a caneca da prensa você deve imediatamente remover o papel do transfer. Lembre-se que o calor é que faz a transferência da imagem, e se o papel ficar lá grudado enquanto a caneca esfria a imagem será alterada, assim como também ocorrerá se você prensar a caneca por tempo demais.

    Você deve também ter em mente que a personalização de canecas através de sublimação é algo bem diferente de, por exemplo, imprimir em papel fotográfico com alta resolução. Portanto, evite usar detalhes muito finos ou letras muito pequenas para não prejudicar a visibilidade. Se for o caso, aumente as letras ou engrosse os contornos.

    Com relação aos materiais, não sei em que fornecedores você compra mas tenho certeza de uma coisa: todas essas canecas são chinesas, portanto a escolha do fornecedor não altera muita coisa 😀

  4. Oi amigo, conseguiu resolver seu problema com as canecas de sublimação? Estou tendo um problema parecido:) Se puder me ajudar:)

  5. comprei a epson t 33 adaptada com bulk e nunca tive problema, porem agora estou com um probleminha que nao sei identificar o que é. Gostaria que me ajudassem a identificar, ver se consigo resolver e identificar.
    nas minhas ultimas impressoes, o desenho tem saido com uma mancha levemente avermelhada em volta e sobre o desenho. Ja testei em desenho colorido e em preto e branco. estou enviando a foto.
    Nao entendo como sai esse vermelho ate no desenho preto e branco. Ele é sutil quando imprimo, porem quando eu prenso , ele fica muito mais forte e é possivel ver bem. estou perdendo varias camisetas. agora parei de fazer . por favor me ajudemmmmmm. gabriela

  6. boa tarde
    quem trabalha com sublimação em chinelos a arte final como voces montam ? Tem algum programa especifico que eu mesma consiga montar ? e como faço pra montar do tamanho do chinelo?

  7. A criação de artes para qualquer produto (não apenas de sublimação) geralmente é feita com a ajuda do Photoshop ou do CorelDRAW, ou qualquer outro programa de desenho equivalente. Com esses programas você pode montar o modelo do chinelo no tamanho correto (especificado em centímetros) que será respeitado na impressão. A impressão da arte não precisa necessariamente ser recortada no formato do chinelo (ela pode ser retangular) mas você pode desenhar uma guia para não colocar elementos fora do chinelo.

  8. Oi Fernando se vc não resolveu esse problema tente essa dica que para mim deu certo.Depois de prensar e retirar o papel, mergulhe a caneca em um recipiente com agua fria (não gelada).Isso impede a imagem de expandir, pq enquanto quente o processo de sublimação continua.Gilnara

  9. Gilnara, essa dica pode ter funcionado com você mas isso é ALTAMENTE DESACONSELHÁVEL. O choque térmico definitivamente pode fazer com que a caneca rache ou quebre por inteiro (e eu já tive até problemas com canecas que racharam ainda na prensa). Se ela não rachar com isso, corre-se o risco dela ficar fragilizada e você ter de trocá-las para o cliente posteriormente.

    As canecas devem sempre esfriar naturalmente, e uma caneca de alta qualidade não deve apresentar nenhum problema na qualidade da imagem.

  10. Boa tarde!
    Concordo com a Gilnara, se colocar a caneca na água corta o efeito da sublimação, só parei de perder caneca apos utilizar essa técnica, aconselho a todos!! Mas a água não pode estar fria, eu faço com água morna.
    Fica perfeita a cor, pois não irá esfumaçar a imagem e nem letras.
    Se a caneca fosse temperada concordaria em não utilizar essa técnica, porém a cerâmica para ser feita ela passa por um processo mto alto de temperatura, por consequência ela aguenta o choque térmico, porem não utilizar com água fria.

  11. as minhas canecas sempre ficam bem falhadas ja tentei mudar temperatura tempo tudo n sei mais o que fazer fica ainda mais falhado nas bordas, parece que a tinta não sai toda do papel o que devo fazer?

  12. Eu faço as minhas com 170 segundos e 205 graus e não tenho problemas. Tente trocar a marca das canecas ou compre uma nova resistência para a sua prensa, ou ainda uma prensa nova.

  13. Olá, gostaria se saber se tem uma forma de apagar uma escrita da caneca que mandei personalizar! Fiz de presente para meus padrinhos de casamento, mas a data mudou.

  14. Não tem jeito, Barbara. E mesmo se tivesse, provavelmente a mão de obra para fazer isso seria maior do que simplesmente mandar fazer canecas novas (sem contar que isso poderia danificar a caneca).

  15. Eu fiz a primeira caneca com 170 segundos e 205 de temperatura lembrando que tem uma pre temperatura que deixo de 190… entao a primeira caneca o texto fico um pouco borrado… diminui pra 160/150 o tempo ai a segunda caneca fico otima a imagem… chegou na terceira caneca a sublimaçao fico borrada… o texto fico ruim.. e quase falhada… o que pode ser? tenho que mudar o tempo conforme eu for fazendo mais canecas? aguardo um retorno.

  16. Boa Noite,

    Tenho alguns problemas. Tenho uma máquina de sublimação Mug Press Machine, comprada em 2010. Sublimo 5 canecas por vez nela. Desde comprada, nunca soube regular a temperatura da máquina, apenas o tempo, uma vez que só tenho um marcador para todas as 5 canecas. Tenho feito canecas com muitos defeitos, nas pontas e na parte de baixo parece q a impressão fica mais clara, como se criasse um degradee. Outras vezes, a caneca fica inteira falhada na mesma prensa que antes, havia ficado boa. Não sei o que fazer. Isso tudo acontece usando um tempo de 400 segundos. Tentei com menos, mas saíram todas falhadas.

    Alguém pode me ajudar com urgência?

  17. Olá João. Ocasionalmente eu enfrento isso com a minha também (que é individual). Não tenho uma resposta exata pra te dar, pois realmente também acontece de uma sair perfeita e outra sair falhada. O que eu faço pra garantir os melhores resultados é aumentar a temperatura (geralmente 210-220 graus celsius) e o tempo (160 segundos pelo menos). Com relação às que ficam falhadas, às vezes eu tento ver puxando pela borda sem retirar o papel de transfer, e se eu vir que ficou falhado eu tento deixar só aquela ponta mais uns 30 segundos na prensa. Mas basicamente eu considero essas canecas como defeito de produção, ou seja, você já deve calcular o seu prejuízo com isso e embutir este custo nas demais.

    Agora, 400 segundos é exagerado, que que isso. Com tanto tempo assim a imagem vai ficar inteiramente embaçada.

  18. Ola minha impressora e a cx3700 da epson ela e sublimatica quero tirar uma duvida eu imprimo uma imagens colorida mas o preto sempre fica borrado na caneca oque faço por favor sou nova no ramo e preciso de ajuda

  19. Olá. Gostaria da sua ajuda. Eu fiz a sublimação na caneca e deu tudo certo, pelo menos até lavar a caneca. A imagem está saindo como se fosse uma folha. O que deu errado??

  20. Olá Maiza. Pela sua descrição parece que você usou o transfer laser numa caneca de plástico. Eu já vi um produto personalizado por esse processo e vi que ele pode mesmo descascar. Não sei dizer se isso tem a ver com o processo ou com o tipo de plástico do produto, só sei lhe dizer que esse tipo de transfer é realmente bem chato de se fazer, e é necessário usar uma impressora específica com toner específico e papel específico.

    Particularmente acho que não vale muito a pena.

  21. Olá.
    Quando faço transferência em canecas de cerâmica a tinta não seca completamente nelas, se eu passo o dedo ou papel ou pano após a prensagem a tinta fica ainda um pouco líquida e borra a estampa.

    1. Uso todos os materiais próprios para o processo (caneca, tinta, papel) adquiridos de uma empresa especializada em foto/produto.
    2. Uso a configuração de tempo, pressão e temperatura indicada pelo fornecedor da prensa (mesmo dos produtos).
    3. Para imprimir uso qualidade texto e imagem.

    Obs.: Para tecidos não observei esta liberação de tinta após prensagem.

    Acredito que o papel possa ser responsável por isso, pois tinha outro de fornecedor diferente que não dava este problema, porém troquei porque em fotos observava micro pontos de falha na imagem estampada, como se fossem gotículas de água. Imaginei que fosse baixa qualidade do papel.

    Será que é isso?

  22. Olá!
    não sei onde estou errado… a cor preta, fica laranjada. Reduzi a temperatura e o tempo , mas aí fica com falhas na borda de baixo. Voltei a temperatura inicial, mas deixei um tempo menor, mas continuou a ficar laranja!

  23. Olá Marlon. Se a cor preta fica laranja então o problema é outro. Muito provavelmente uma das cores na sua impressora não é sublimática – e isso ocorre com frequência porque as tintas pigmentada e sublimática são exatamente iguais, mas somente a sublimática funciona corretamente. Existe a possibilidade do seu fornecedor das tintas ter se confundido, ou o forneceder dele. Para eliminar esta possibilidade você deve remover as cores afetadas do bulk ink e substituir por tinta sublimática de outro fornecedor.

  24. Olá Geize.
    Em primeiro lugar você não deve passar nada sobre o objeto logo após a prensagem. A resina que cobre a superfície do objeto ainda estará bem quente e fibras ou outras coisas podem sujar a superfície. Eu percebi isso porque uma vez deixei uma caneca que havia acabado de ser sublimada deitada em cima de um pano e quando a peguei ela ficou toda marcada.

    Mas pela sua descrição parece ser ainda outra coisa. A imagem sublimada não deveria borrar de jeito nenhum, ela se firma muito bem no objeto.

    Eu já vi aqui no site pessoas comentarem sobre um tal de ‘papel resinado’ e eu mesmo já experimentei um assim. Eu achei esse papel simplesmente uma merd@, mas ele não chegou a causar o problema descrito por você. Mas como você citou essa questão do papel então para tirarmos a dúvida eu vou te recomendar usar o papel matte (fosco de alta resolução), que é o único tipo de papel necessário para fazer esse tipo de transfer. Ele é um papel simples e barato, e não precisamos de muito mais do que isso já que nesse processo o trabalho todo é feito pela tinta e não pelo papel.

    Então, se puder comprar um pacote de papel matte e fazer outro teste, nos conte o resultado.

    E você citou tecidos, então fique atenta ao fato de que essa configuração só funcionaria com tecidos 100% de poliéster ou tecidos compatíveis – o que não é o caso do algodão. Camisetas são um caso a parte no mundo da sublimação, ok?

    Faça o teste e nos conte o resultado.

  25. Boa noite
    Minhas canecas estão saindo com problema na impressão. estão ficando mais escuras que a arte programada no computador e sem nitidez dos detalhes da imagem. O que devo fazer ?

  26. Olá,

    As minhas canecas estão ficando com o fundo borrado , não sei mais o que fazer, a qualidade fica boa,mas o fundo sempre borrado, +/- uns 1/2 cm.

  27. Olá,

    minhas canecas estão ficando todas com o fundo praticamente sem tinta e borrada (parecendo que molhou) não consegui fazer nenhuma ainda que ficasse 100%

  28. Boa noite amigo,

    Estou usando 325 graus a 180 segundos
    Usei 290 graus a 240 segundos
    Usei 300 graus a 180 e 60 segundos

    Não estou conseguindo postar a foto para mostrar como está ficando.

  29. Bom dia!!
    Amigo trabalha com serigrafia e formatei o pc porem quando vou imprimir o papel vegetal nela descascado mas no papel comum é normal..
    Ouvi falar q tem configurar a impressora.. Ela é uma HP LASER JET M1132 MFP..
    vc sai qual é a configuração?
    Fico aguardando um Retorno

  30. Bom, considerando que você disse que suas canecas estão ficando borradas, e considerando as temperaturas que você usou aí, acho que podemos concluir que a sua prensa exibe as temperaturas em celsius e com isso você está usando temperatura demais.

    Com a temperatura em celsius o máximo para canecas é 200 graus. Eu uso isso e 180-200 segundos, e obtenho resultados perfeitos praticamente todas as vezes. Mas no começo fiz testes e vi que se for demais fica borrado mesmo. Então faça um novo testes nessas configurações, e nos diga se deu certo.

  31. Olá Vander. Impressoras laser imprimem normalmente em papel vegetal (é papel vegetal mesmo né? aquele de desenho, mais grosso, e não papel de seda?) então creio que a explicação possa ser somente que o toner que você adquiriu é uma B…A 😀

    Sim, existem pessoas que fazem recargas tão porcas, mas tão porcas, que nem dá pra entender como ainda estão no mercado. Felizmente alguns são honestos e já dizem logo de cara que a recarga que fazem NÃO É para uso gráfico.

    E como você pretende usar para materiais gráficos, te recomendo NÃO FAZER recargas, mas adquirir cartuchos compatíveis (ou o original, se possível) pois esses podem ter uma qualidade muito superior. Já vi até mesmo cartuchos compatíveis para HP laser que tinham qualidade praticamente idêntica à do original CUSTANDO MAIS BARATO QUE UMA RECARGA.

  32. olá preciso de ajuda.Possuo uma maquina de prensar canecas e até agora não consegui um resultado satisfatório com tonalidades escuras,sempre saem apagadas ou nem próximas ao que eu preciso. faço a sublimação a 200 graus 250 segundos

  33. ola, bom dia! o meu problema é o seguinte. tenho a prensa 8 em 1 e uma impressora EPSON L220 com tinta sublimatica, quando imprimo a arte que era para ser cinza, sai roxo, ou marrom, por que isso? o que fazer ? trabalho com illustrator. um outro problema é ao sublimar uma caneca de cerâmica. minha prensa tem apenas 2 meses, prensava as canecas 200C 160s e a prensa meio apertada, e sempre deu certo! mas ontem prensei uma caneca de polímero, mudei a temperatura e tempo para 180C 20 S e apertei mais a prensa nao deu certo e depois para 200 C 120S e nao deu certo novamente, a caneca sai amarelada,como se estivesse sido queimada, o problema é que quando voltei a prensar a caneca de cerâmica deu o mesmo problema como a de polímero. o que pode ser? qual seria a regulagem da prensa? Obrigada!

  34. Luis, a sua configuração parece adequada – exagerada, até (eu uso 200 graus e 190-200 segundos). Eu também já tive com artes com fundo escuro mas quando passei a usar esta configuração os problemas desapareceram. Então pode valer a pena investigar a possibilidade da sua prensa estar com defeito ou não conseguir aquecer o suficiente. Neste caso, talvez seja necessário a troca da resistência.

    Ah, lembrando que os 200 graus são CELSIUS. Se sua prensa mede em FAHRENHEIT, então serão 392 graus. A maioria das prensas por aí mede em CELSIUS mas é importante você saber qual medida a sua usa.

  35. Olá Caroline. A impressão de tons de cinza em qualquer impressora jato de tinta é sempre muito problemática. A impressora tenta usar as outras cores para produzir um cinza mais suave, mas isso acaba fazendo com que ele fique esverdeado ou azulado ou avermelhado demais.

    Infelizmente acho que não há muito o que fazer, pois o único jeito do cinza sair realmente cinza é configurando a impressora para usar somente a tinta preta, e sem que seja no modo foto. Mas isso obviamente vai fazer com que a toda a arte fique em cinza. No driver da Epson existem ajustes de cores que você pode usar para fazer pequenas calibrações e assim compensar desvios – por exemplo, se um rosto fica avermelhado demais – e isso pode ajudar a deixar o seu cinza mais neutro mas não vai eliminar totalmente o problema.

    Agora, o que seria uma caneca de polímero? Seria de plástico? Canecas de plástico de um tipo específico podem ser personalizadas, mas a matriz precisa ser impressa em um modelo específico de impressora laser – não é a mesma coisa que fazer canecas de cerâmica, não dá pra fazer com tinta sublimática.

  36. Olá, preciso de ajuda! Tenho uma máquina transfer. E as minhas canecas estão saindo com falhas nas bordas. E o preto fica com uma tonalidade esverdeada. Faço a sublimação em 180° celsius e 170 segundos

  37. Olá bom dia!
    Estou com problemas em relação a qualidade das imagens estampadas nas minhas canecas.
    Elas saem desfocadas e sem nnitidez.. Uso papel sublimatico verso azul e impressora propria para esse tipo de impressão.. Também uso o Corel Draw e gostaria de saber se nele há algum recurso que melhore a qualidade e resolução das imagens ?
    Estive procurando em varios sites imagens proprias para download, se puder me indicar algum site que possua essa opção eu agradeço!

  38. Olá Thaís. De novo esse @**(#&&¨&&*@ papel de fundo azul? Essa porcaria deveria ser proibida 😀

    Eu vou falar meio que no chute, ok, com base na minha própria experiência. Primeiro, você deve ver se as fotos utilizadas são de boa qualidade. Eu recebo muitas fotos para personalização em adesivos, canecas e outros produtos e os clientes com muita frequência mandam fotos de baixa resolução, porque postaram no Facebook ou porque tiraram foto da foto usando um celular ruim. Algumas são tão ruins que eu falo pro cliente que prefiro nem fazer. Se for este o caso, não há o que fazer. Você pode melhorar o brilho (se a foto estiver escura) ou ajustar as cores (se ela estiver muito azulada ou esverdeada) mas dar qualidade a uma foto desfocada ou de baixa resolução é simplesmente impossível. E pra piorar a situação os clientes têm dificuldade em compreender essa questão da resolução, pois eles – e muito provavelmente você também – olharão a foto na tela e dirão “mas aí está excelente!” e não conseguirão compreender porque na impressão fica ruim.

    Para comprovar se é este mesmo o seu caso, baixe da internet algumas fotos de altíssima resolução – aquelas grandes, que até demoram pra carregar – e tente fazer outra caneca. Se sair bom, é porque as fotos dos seus clientes são ruins. Se mesmo essa sair ruim, aí o problema é outro.

  39. 1 – Qual a sua opinião sobre prensas de canecas duplas, como a FREESUB ST 210?
    2 – Você consegue personalizar canecas com transfer (impressora laser) com prensa comum?

  40. 1. Nunca usei tal equipamento, mas não vejo porque não funcionaria adequadamente. Já vi até mesmo prensas neste mesmo modelo para 5 canecas simultâneas.
    2. Sim mas somente canecas de plástico. Além disso o transfer precisa ser impresso num papel específico e numa impressora específica, e a caneca também deve ser de um tipo de plástico específico. O transfer a laser na verdade só serve para objetos de plástico.

  41. Bom dia Comprei uma Prensa 8 em 1 e fui fazer os testes no equipamento, só que imprimo a arte a ser Sublimada(Utilizo uma Impressora Epson L365 com tinta Sublimatica ) a imagem no papel Sublimatico sai perfeitamente com cores fortes e Vibrantes, só que na hora que fiz o teste na prensagem na camisa 100% poliester e no azulejo sublimatico a imagem sai apagada e com cores fracas, estou usando a temperatura do manual do fornecedor.

    Poderia me ajudar.

  42. Olá!
    Tenho uma impressora epson L220
    Minha maquina de camiseta e de caneca sao da compacta.
    Nas camisetas, noto que a cor sai muito alterada. O azul fica verde e os rostos muito vermelhos. (Uso na temperatura 180 graus e 20 segundos), ja testei outras temperaturas e tempo, e continua o mesmo efeito.
    Nas canecas, quando o fundo é branco. Ele fica com uma tonalidade amarronzada, como manchas..
    Utilizo na temperatura 180 graus e 200 segundos.
    No momento nao uso o corelDraw.
    Ja baixei imagens com a qualidade bem alta pra teste, e os defeitos sao sempre os mesmos. Pode me ajudar? Obrigada!

  43. Olá Fernanda,
    Parece ser alguma coisa relacionada à configuração de cores da impressora, mas isso é um assunto complicado de tratar remotamente pois existem muitas variáveis, incluindo claro o programa usado para criar as artes, e as artes em si.

  44. Estou com problemas nas canecas mágicas , ela está ficando com marcas como se fosse chuviscos , não fica lisinha com brilho , já troquei o papel e não resolveu o que pode ser.

  45. Olá Roberto. Eu gostaria de ver isso de perto, pessoalmente, porque eu acho que tive um problema parecido com canecas de alumínio resinadas. Se for a mesma coisa, eu não sei o que causou nem como resolver – os tais chuviscos parecem ser a textura da prensa térmica.

    Em todo caso isso não deveria acontecer e muito provavelmente é uma falha da própria caneca. Eu já fiz canecas de cerâmica e de vidro de todos os tipos e nenhuma apresentou nem nada semelhante a este problema. Então talvez você tenha só adquirido canecas não muito boas. Se puder, tente com canecas de outro vendedor.

  46. Booa Noite .. Amigo tenho uma Impressora Epson L220 e uma Prensa de Canecas, uso papel sublimatico. Quando eu retiro a Caneca da presa a imagem parece que não sai totalmente do Papel, e fica muito borrado …
    Oque eu faço .. minha presa so vai até 180G e estou prensando com 200 segundos.

  47. “Minha prensa só vai até 180 graus” Como assim? A minha se não me engano vai até 250 graus, e eu tenho feito canecas a 200 graus. Forneça mais detalhes de como você está fazendo o processo.

  48. a minha presa vai no máximo 180 graus, so o tempo que aumenta.. sabendo que so o tempo vai variar, quantos segunda eu posso usar com 180G pra deixa a caneca perfeita?

  49. Amigo, às vezes você precisa é de mais calor mesmo. Deixar tempo demais, independente da temperatura, vai mesmo ferrar a imagem. Então se for o caso compre outra prensa, mas eu realmente acho estranho isso que você tá descrevendo – nunca vi uma prensa ser assim.

  50. Denis, boa tarde. Estou fazendo testes hoje com a prensa (chinesa de painel azul), acredito que ela seja em F porque passa dos 400º tranquilamente. Então, tentei com caneca branca primeiramente… coloquei impressão em alta qualidade (o papel é o blue paper, já vi que você o condenou acima…). O primeiro teste foi com 382ºF no máximo, a 90s. O papel colou na caneca e não saiu nem por reza. E consegui queimar a danada. Ok, tempo demais, entendi… na segunda vez coloquei a mesma temperatura porém 60s. Não passou imagem pra caneca, que ficou completamente borrada… Não tenho certeza se a caneca é ou não resinada, não comprei em loja especializada.

    Desisti e passei pra caneca de vidro (de chopp). Primeiro coloquei 200ºF a 180s e não transferiu nada. Na segunda vez coloquei 392ºF a 180s e transferiu um pouco, e começou a queimar o papel (muito calor e muito tempo).

    A dúvida é: o papel é ruim? O tempo está demais / de menos? A tinta não presta? Eu não consegui chegar a uma conclusão, poderia me ajudar?

  51. Olá Thay.
    Procure se certificar de que sua prensa opera em fahrenheit ou celsius. Se for o caso, compre um termômetro a laser para ajudar a verificar. Sua prensa chegar a 400 graus PODERIA indicar que ela opera em fahrenheit, mas também poderia indicar simplesmente que ela consegue esquentar demais 😀 Se ela opera mesmo em fahrenheit então você definiu a temperatura certa: 382 graus fahrenheit são cerca de 190 graus celsius. Eu uso 200 graus celsius nas minhas canecas.

    Agora, pela sua descrição… você tem certeza mesmo de que usou canecas resinadas? Na internet existem vendedores que oferecem canecas de cerâmica com e sem resina, e para sublimação somente as resinadas funcionam. Isso é porque a imagem é transferida para a resina e não para a caneca em si.

    Outra coisa que às vezes as pessoas confundem é a tinta, pois a tinta sublimática tem exatamente a mesma aparência da pigmentada e a pigmentada não serve pra isso. Às vezes os próprios vendedores se confundem e mandam a tinta errada. Portanto, se você tem certeza de que as canecas são resinadas, significa que a tinta está errada – e vice-versa.

    O tal papel blue paper não é o melhor, de fato, mas ele deveria funcionar mesmo assim se tudo estiver nos conformes.

  52. Denis, então… confirmei e realmente a prensa é em Fahrenheit. Dito isso, testei novamente, desta vez utilizando mínimo 230ºF, máximo 330ºF e 40s e colocando a caneca durante a regulagem de temperatura da mesma. Até agora foi o mais perto de “finalmente dá pra ver alguma coisa” que obtive: http://i.imgur.com/i1vXNE4.jpg

    O que tem me deixado cabreira é o papel… a impressão que dá é que mesmo deixando o papel realizar a cura por 20 minutos (ou mais às vezes) e retirando a umidade antes de sublimar, a impressão que dá é que a tinta não está saindo: http://i.imgur.com/q11mLGW.jpg

    Entrei em contato com o fornecedor da tinta. Já estou pensando em comprar uma prensa nova, tintas novas, esgotar a tinta da impressora, fazer um curso presencial de preferência levando meu material porque olha…

  53. Olá Thay, obrigado por mandar as fotos. O problema não é na sua prensa nem na sua impressora, e aparentemente também não é na caneca. Resta então apenas o papel e a tinta.

    Na sublimação é normal a tinta “ficar” no papel mesmo numa sublimação de sucesso – não se preocupe com isso.

    Façamos o seguinte. Adquira na internet em alguma loja na sua cidade um papel chamado ‘matte’. Ele é uma espécie de papel fotográfico parecido com o sulfite, mas com uma superfície que dá altíssima qualidade de impressão. Faça um novo teste de sublimação usando este papel (atenção para o lado certo da impressão, que é o mais liso). Então, faça a sublimação usando 200 graus celsius (394 fahrenheit) e 180 segundos e relate os resultados aqui.

    Este é o único papel que recomendo. Como já disse antes, na sublimação quem faz o trabalho é a tinta e não o papel e por isso não é necessário usar nenhum papel especial – até o sulfite funcionaria. O matte é mais indicado porque ele oferece excelente qualidade de impressão, é barato e tem uma espessura ideal pra não sujar a prensa.

    Se isto não der certo, então o problema estará mesmo nas tintas. Mas realmente não parece ser em nenhum equipamento seu .

  54. Denis, muito obrigada pelo suporte! Eu vou fazer os testes como você explicou e retorno depois pra contar!

  55. Opa tudo bem ! Eu uso 200 graus e 150 segundos nas canecas, já fiz 72 canecas lindas e perfeitas , mas agora fui fazer a última a imagem saio com 80% da qualidade, moro no sul de Sc, e a temperatura Caio , será por isso ?

  56. Olá João. Eu diria que uma certa perda é normal e deve ser esperada em qualquer processo produtivo – apenas 1 caneca com defeito entre 72 me parece muito bom.

    Mas quanto à sua pergunta, a qualidade da imagem pode ser afetada pela temperatura, mas não necessariamente a do seu ambiente. Pode ser alguma característica da prensa, ou alguma situação em particular. Vi que alguns usam um termômetro a laser para acompanhar a temperatura da manta da máquina antes e depois de fazer cada objeto, e assim garantir que a temperatura estará sempre certa.

  57. Boa tarde Denis,

    Tenho uma Galaxy Mug PRO e estou a utilizar para as canecas 180 .º Celsius durante 90 segundos e coloco a caneca aos 160.º C (temperatura de pré-aquecimento).
    Muitas das vezes, tem zonas que ficam claras e as outras OK.
    Será tempo?

    Obrigado

  58. Olá Carlos. Eu tenho uma genérica e uso 200 graus por no mínimo 180 segundos. No começo usava menos mas agora essa configuração parece funcionar muito melhor, então faça um teste. As dicas de temperatura e tempo por aí são apenas guias, você pode (e deve) variar pra mais ou pra menos se tiver problemas. E lembre-se também que ainda assim uma ou outra caneca ainda pode sair com falhas (talvez por algum problema na prensa), então esteja preparado para ter uma pequena perda, assim como ocorre com qualquer processo produtivo.

  59. Olá adorei esse canal. Parabéns pela inciativa de dispor parte do seu tempo em ajudar outras pessoas . Seguinte estou sublimando canecas a 200 º por 155 segundos conforme manual do fabricante da prensa . Porém elas estão saindo manchadas (branca) , geralmente falhadas nas extremidades , o desenho sai perfeito, mas as extremidades um caos . Estou perdendo materiais . Me ajudem !!!!

  60. Olá Thais. A recomendação de temperatura e tempo é apenas uma guia, você deve variá-la de acordo com os seus resultados. Se está falhando assim geralmente é por temperatura ou tempo insuficientes. Eu geralmente prenso a 200 graus por 180 segundos. Vá aumentando seu tempo até achar um que funcione pra você.

    Outra coisa: pode acontecer de algumas saírem perfeitas e uma ou outra falhar. Não sei porque isso acontece, mas pode ter a ver com a temperatura da prensa, que poderia ser verificada com algum termômetro laser.

  61. Olá estou tendo problema ao estampar canecas pois elas ficam manchadas, chuviscadas não sei o que fazer minha impressora é uma epson L1300 uso o papel sublimatico de alta definição assim disse o vendedor e canecas de boa qualidade acredito pois comprei na mesma loja que comprei a maquina.

  62. Olá. Você não deu mais detalhes da sua operação nem forneceu fotos da caneca. Então a primeira dica é fazer um novo teste usando 200 graus celsius e 190 segundos. Se isso não resolver o problema de qualidade, volte aqui e poste uma foto do problema.

  63. Estou na segunda prensa para caneca e não consigo um resultado final bom .. Ela deixa a imagem bem falhada, já troquie papel, tinta, prensa, caneca .. Me ajude, por favor, não aguento mais perder dinheiro

  64. Olá!
    Estou tendo problemas com minhas impressões sublimáticas.
    As minhas canecas estão saindo manchadas em uma das bordas, dependendo da posição que a coloco na prensa as manchas brancas ficam em cima ou embaixo nas bordas da caneca. Já mudei a resistência e nada. já usei manta de silicone para dar mais pressão e nada. Já usei dois tipos de papel(papel verso azul e papel sulfite) e não teve jeito. Uso com temperatura 200º e tempo 150 s .
    Há um ano e meio que tenho a prensa e vinha imprimindo normalmente. Não sei mais q fazer. Por favor me ajudem !

  65. Horário, a configuração de temperatura e tempo é só uma linha geral e pode ser variada em caso de problemas. 150 segundos me parece pouco, experimente 200 graus e 200 segundos.

  66. Denis, isso realmente resolveu meu problema. Aumentei apenas o tempo, de 150 segundos para 180 segundos. Muito obrigado, mas diga ai , por que essa mudança de temperatura se eu estava imprimindo bem com 150 segundos? Agradeço desde já.

  67. Não sei lhe dizer, mas a sublimação não parece ser uma ciência exata. Eu geralmente uso 180 graus e 180 segundos e vez ou outra sai falhada. Talvez a prensa não tenha conseguido atingir a temperatura indicada, ou talvez o ambiente tenha influenciado, eu não sei. Só sei que você pode e deve variar sempre que precisar.

  68. Olá, estou tendo problemas com as bordas das canecas na hora de sublimar. Estou usando papel resinado de fundo azul, e imprimindo com perfil de cores ICC especifico para minha impressora epson L365 fornecidos pelo meu fornecedor. Pois bem, estou usando temperatura minima de 190º C e máxima de 200º C por 35 segundos, e a transferência nas bordas estão saindo borradas. Se aumentar o tempo o papel acaba queimando e a cor preta acaba ficando meio queimada também, parecendo um marrom.
    Teria alguma dica a respeito?

  69. Bom dia , tenho a impressora L375, apos impressão com as configurações adequadas. Importando e exportando as imagens , quando tiro da prensa a imagem sai meio rosada apenas. Pode me ajudar ?

  70. Olá Rodrigo. São canecas de cerâmica? Os parâmetros que uso para fazer essas canecas e obter ótima qualidade de imagem são 200 graus de temperatura e pelo menos 180 segundos de prensagem contados a partir do momento em que você insere a caneca e a prende na máquina. Sim, isso mesmo, TRÊS MINUTOS INTEIROS contados a partir do momento em que você prende a caneca.

    Experimente isso e depois me conte o resultado.

    Ah, e largue mão desse papel resinado dos infernos 😀 Use o papel matte – dá o mesmo resultado e é mais barato.

  71. Olá Denis!
    Sublimo camisetas sim, no máximo tamanho A4, pois meus equipamentos são pequenos(impressora e prensa )

  72. Rodrigo estou fazendo canecas. Temperatura 180 minima maxima 200. Há 250 segundos, a imagem sai bem falhada rosada apenas.

  73. Pode ser que uma das tintas não seja do tipo sublimática. É um problema muito comum já que ela tem exatamente a mesma aparência da tinta pigmentada que não serve pra isso. Tente fazer uma sublimação de teste contendo apenas 4 retângulos nas cores ciano, magenta, amarelo e preto. Todas as 4 cores devem sair corretamente no papel e na sublimação. Se uma delas sair no papel mas não na sublimação, essa é a cor com problema.

  74. Pode me ajudar? Passo a imagem para o Blue Paper, as cores saem corretas. Mas depois de passar para a caneca fica rosa onde era para ser azul, o que pode ser? Já alterei a temperatura e o tempo e a única coisa que muda é a opacidade. Minha tinta é sublimática e meu papel é da Unica Brasil Transfer Blue Paper.

  75. Muito provavelmente uma das cores da sua impressora não é sublimática – o que é um problema comum visto que ela tem exatamente a mesma aparência da tinta pigmentada, e aí até mesmo o vendedor da tinta pode se confundir. A solução é tentar descobrir qual das cores é a errada (ela vai aparecer na impressão mas não na prensagem) e então substitui-la.

  76. Olá eu uso papel matte com 190 de tempo e 190 segundos e esta ficando borradas minhas canecas, aonde estou errando, poderia me ajudar por favor.

  77. Olá, primeiramente, parabéns pela página!
    Minha dúvida é com relação a canecas personalizadas, não saem perfeitas. Ficam como manchinhas brancas em toda caneca, sem nitidez.
    Impressora: L220
    Blue paper
    Tempo 180
    Temperatura 180
    Obrigada

  78. Olá. Jogue fora este papel e experimente fazer usando o papel matte (também conhecido como fosco de alta resolução) nesta mesma configuração de tempo e temperatura. Depois conte o resultado.

  79. Entendi!
    Vi em outras respostas você falando sobre a temperatura e tempo (200° – 180 s), tentei isso e já melhorou bastante. Mesmo assim vou experimentar esse Matte que você orientou. Te falo como ficará.
    Obrigada!!!

  80. Denis.. minha prensagem está saindo com algumas falhas, geralmente ao redor do preto.

    Já verifiquei e o preto que estou utilizando é o 100%black.

    É como se houvesse pequenas machinhas feitas em preto ao redor do contorno

  81. Bom dia, em canecas pretas com tarja branca se eu usar um fundo preto esse preto fica amaronzado tipo como se fosse um fundo de madeira na estampa, não é a tinta pois o preto sai perfeito em canecas brancas.. acredito tanbem q não seja a caneca pois outras estampas saem perfeitas… eu faço assim: ligo a prensa e espero chegar em 190 C° então coloco a caneca e a temperatura cai ate uns 150 e poucos… espero ela voltar até os 190 e então deixo 60 segundos, ja deixei 45 e até 35 segundos em 190 mas não deu certo. tem alguma sugestão de configuração ou processo de prensagem ?

  82. Olá Douglas. Mesmo que eu tenha alguma dica pra você, acredito que será impossível obter na arte o mesmo preto usado na caneca pois são processos diferentes. Então, recomendo que você não tente fazer algo como, por exemplo, uma caneca com a arte inteiramente preta e letras brancas. A ideia da caneca de tarja branca é que você possa imprimir fotos numa caneca e que ela não fique com o “fundo branco”, digamos assim.

  83. olá boa noite, se puderem me ajudar agradeço de coração, estou com um problema sublimando canecas , TODAs as cores na caneca ficam otimas mas o preto em determinadas areas fica com um aspecto queimado, falhado, nao é em toda a caneca mas em algumas partes, ja troquei papel, tinta , troquei até de impressora, passei da t33 para a t1110 e nada de resolver, pensei que fosse a resistencia porem quando estampo outras cores o defeito nao aparece, somente no bendito preto, me ajudem por favor =)

  84. olá, tentei sim , eu mandei as impressoras para manutenção , limpeza e etc, e agora que elas voltaram estão dando esse erro, eu prensei canecas com imagens que tinha impresso antes de mandar as impressoras pro conserto e ficaram otimas, o problema creio eu é na impressora e no preto mas eu nao faço ideia do que pode ser que ta fazendo o preto sair assim pq quando sai da impressora a imagem está normal, só quando prenso que aparece o defeito.

  85. Bom dia, estou com problemas a parte de baixo da caneca sempre sai falhada, mesmo que eu inverta a posição da caneca na prensa a parte de baixo dela fica falhada, ja ouvi falar que o fundo demora mais a esquentar mas estou usando 200 graus e 240 segundos (papel matte)! chega a borrar as imagens de tanto tempo e a parte de baixo fica falhado, borrada 🙁

  86. Denis
    Preciso de apoio em transfer para caneca acrilica. As de cerâmica estou conseguindo um bom resultado mas nas acrilicas um desastre.
    Impressora Laser HP 1025 color; Papel com brilho no lado impesso.
    Tentei com a manta azul 10 mm e nao saiu nada.
    Vi um video que usa 185 creio ser Celcius coloquei 365 F em 8 segundos. sem manta de silicone. No meu caso a imagem esta falhada e a caneca deformada. Preciso de referencias.

  87. De uma hora para outra, minhas canecas estão saindo avermelhadas, usando a mesma tinta, papel, caneca, prensa e impressora. Tudo sai muito escuro, praticamente não dá para ver as fotos. A impressão sai impecável, quando sublimo é que acontece o problema, o que pode ser?
    Coloco 200 graus e 180 segundos.

  88. Você é o cara!!!!
    Com o ajuste de tempo e temperatura que vc aconselhou deu uma booooaaaa melhorada. Agora troquei o papel azul pelo matte, ficou perfeito!!!
    Obrigada! Chega de jogar dinheiro no lixo!

  89. Faça uma sublimação de teste contendo apenas retângulos nas quatro cores básicas: ciano, magenta, amarelo e preto. Veja se todas as cores saem corretamente na folha, e depois veja se todas aparecem no objeto sublimado. Se uma das cores não aparecer no objeto, significa então que uma das tintas pode não ser sublimática – um erro muito comum já que a tinta pigmentada (que não funciona com isso) tem exatamente a mesma aparência.

  90. Olá Lacyr. Não tenho muitas informações sobre isso mas creio que o transfer de plásticos é só em outros tipos de plástico e não de acrílico. Por algum motivo as pessoas acham que o transfer é uma solução mágica para personalizar qualquer coisa, o que não é bem verdade. O transfer de plásticos é realmente bem chato de se fazer.

    Agora, avalie se você quer mesmo oferecer isso: eu não trabalho com esse produto mas alguns clientes comentaram comigo que fizeram em outros lugares e a imagem transferida saía com facilidade ao passar a unha. Ou seja: fica lindo no começo, mas não dura nada. O ideal para canecas de qualquer tipo de plástico seria fazê-las em serigrafia, que é um processo bem diferente mas que permite fazer mais coisas como por exemplo imprimir em canecas escuras ou com cores diferentes (incluindo branco).

  91. Olá Giseli,
    Se você já está tentando 200 graus e 240 segundos (180 é o máximo, acho que não precisa de mais) e ainda assim as bordas estão falhando, então acho que tá na hora de trocar de prensa 😀

  92. Bom cara, não sei o que pode ser. Só me resta uma última recomendação: remover todas as tintas, adquirir tintas sublimáticas novas de OUTRO fornecedor, e reinstalar as tintas no bulk ink. Isso tudo pra eliminar a possibilidade de ser um problema com as tintas.

  93. Ou talvez ela tenha se desgastado. O negócio é que falhas geralmente são causadas por problemas de temperatura. Como não conseguimos ver isso (a menos que você tenha uma câmera infravermelha 😀 ) vai ser difícil avaliar a questão.

    Em todo caso, em todo negócio é preciso prever a necessidade de troca de equipamentos de tempos em tempos, independente de ter ficado obsoleto ou se desgastado, e o seu preço deve refletir isso também.

  94. Olá, boa tarde.
    Gostaria de uma ajuda muito importante sua, comprei uma prensa de caneca recentemente, e hoje eu tive um problema com ela, fui prensar uma caneca, só que utilizei uma fita que acabou ficando marcado na resistência na caneca, o que eu faço , tem algum jeito de retirar essa sujeira ou não tem como?
    Pois estou com medo de prensar outra caneca e acabar saindo manchando todas as canecas que forem feitas.
    Att, Marcos.

    Aguardo uma reposta de vocês.

  95. Olá Denis tudo bom? Estou perdendo muitas canecas, muitas msm, se for contar, ja foram umas 17 pro espaço, a imagem de cima ate a metade da caneca fica legal, ja no fim da caneca é um desastre, fica umas ”rajadas” brancas, estou usando o tempo de 180 segundos por 200 graus. Teve uma arte que percebi que formo ate algumas bolhas, também tentei por so o fundo da caneca na prensa por mais algum tempo e a tinta acabou explodindo/queimando, abaixo vou te mandar as imagens dos resultados que estou tendo e que não estou encontrando mais solução:
    https://ap.imagensbrasil.org/image/gaEn0T

    https://ap.imagensbrasil.org/image/gaE05P

    https://ap.imagensbrasil.org/image/gaE8Jr

    Agora as imagens do resultado de quando coloquei so o fundo da caneca por mais algum tempo:
    https://ap.imagensbrasil.org/image/gaKlum

    https://ap.imagensbrasil.org/image/gaKhg5

    Eu sinceramente não sei mais o que fazer, estou sem rumo, espero que você possa me dar uma LUZ

    Obrigado !

  96. Boa noite Denis, primeiramente venho lhe parabenizar pela ajuda que vc traz aqui. o meu problema é o seguinte, fiz um teste na prensa da caneca, só que a imagem saiu clara, vc sabe o que poder ser?
    Desde de já obrigado.

  97. Olá Patrícia, que bom que gosta do meu trabalho 😀 A caneca é específica para sublimação? A tinta que você usa, pode confirmar que é sublimática? Sem essas duas coisas haverá problemas na qualidade. Por fim, que temperatura e tempo usou?

  98. Quando comecei a fazer canecas eu ia até a borda, e comecei a ter umas falhas leves como essas. Me recomendaram então não ir até a borda, e desde então não tive mais problemas. A temperatura e o tempo estão ideais, talvez seja interessante apenas dar mais uma apertada na presa, e se o problema persistir, considere trocar a prensa por inteiro.

    Infelizmente o sucesso do transfer depende do calor estar bem distribuído.

  99. Acho que não há problema de ficar sujo, mas pegue uma caneca que você não vai usar mais ou que ia jogar fora e faça umas prensagens de teste com papel branco em cima da estampa só pra garantir que não ficou nenhuma sujeira.

  100. Boa tarde Denis, a caneca e a tinta são sublimaticas. Mas a impressão foi feita a EPSON 375,tem haver alguma coisa?

  101. Olá,
    Bem, eu estou imprimindo no papel transfer, tudo bonitinho,
    minha impressora é uma epson L375
    tinta ok e tal..
    Porem, eu coloco na prensa, espero ela aquecer, tudo certinho, programo e tal
    e NADA, a sublimação, simplsmente nao sai!
    O meu papel é todo brando, tentei com aquele do verso azul e ele grudou na caneca e tal.
    Gostaria de saber o que pode ser isso, realmente nao ta saindo.
    Obs: as tintas sublimaticas todas certinhas

  102. Boa noite, minha prensa de canecas ta deixando apenas UM PONTO da caneca com a estampa falhada. Fica com o preto queimado (marrom/laranja) enquanto o resto da caneca fica perfeito. Já troquei papel, ja fiz outras estampas e ja mudei a temperatura e tempo. (Sempre uso 160s x 205º)
    Esse ponto queimado fica bem no meio da caneca.
    Pode me ajudar? Não tem ngm na minha cidade que faça manutenção dela.
    Obrigada

  103. Como você sabe que as tintas são realmente sublimáticas? Elas são idênticas às tintas pigmentadas, até mesmo os vendedores podem se confundir.

    Mas além disso a caneca também precisa ser própria para sublimação (resinada). Não dá pra usar canecas comuns.

  104. Olá Joana. Neste caso adquira uma nova resistência (aquela peça que esquenta) para a sua prensa e faça você mesma a substituição, não é difícil e você pode encontrar esta peça no MercadoLivre. Note apenas que existem 4 modelos de resistência (que você pode inclusive adquirir para oferecer ainda mais produtos): a cilíndrica com diâmetro padrão para canecas, a cilíndrica mais fina (para copos mais finos e squeezes) e duas para canecas cônicas (maior e menor).

  105. Boa Tarde.

    Minhas canecas saem perfeitas, apenas os cantos, perto da alça saem com falha, com se o calor não tivesse alcançado esse ponto.
    Costumo deixar a distância de 1,5 cm da alça. O que fazer para não ter essa falha?

  106. Olá, trabalho com transfer em copos acrilicos, imprimo em impressora a laser e o papel apropriado…

    Porem quando eu faço a transferencia fica a marca da prensa no copo envolta do desenho, fica quadrado (que é da prensa)… sabe me dizer o que seria?

    Eu ajusto com 250 graus e 9 segundos numa pressão confortavel

  107. “sabe me dizer o que seria”
    Sim. É a marca do calor da prensa derretendo o acrílico 😀

    Não tem solução pra isso. E se puder, me faça um teste por gentileza, queria confirmar uma coisa: passe a unha em cima da estampa pra ver se ela é resistente ou se ela sai com facilidade.

  108. Primeiro, tente fazer a sublimação com 200 graus e 180 segundos. Se não der certo, aumente a distância da arte. Se ainda não der certo, tente trocar de prensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *