“Estou tendo problemas no transfer, me ajuda!”

Ultimamente têm surgido uma quantidade razoável de perguntas citando problemas na hora de fazer a sublimação (transfer). Resolvi então escrever um pequeno post resumindo algumas coisas que considero importantes para você que quer começar a trabalhar com transfers e para você que já trabalha com isso.

O que é a sublimação ou transfer?

Sublimação ou transfer é o processo pelo qual uma imagem previamente impressa é transferida através de calor para um objeto que se deseja personalizar – canecas, camisetas, chinelos, azulejos, mouse pads, etc. Para que a sublimação seja bem sucedida e a imagem seja transferida com qualidade você precisa de três coisas:

Para objetos em geral

  • Imagem impressa com tinta para sublimação. Qualquer papel pode ser usado, inclusive o sulfite, mas a qualidade do papel pode afetar ligeiramente a imagem.
  • Prensa térmica ajustada adequadamente
  • Objeto previamente preparado para a sublimação

Neste processo de sublimação a imagem não é transferida diretamente para a superfície do objeto. A preparação prévia consiste de uma resina que irá “segurar” a imagem no momento da transferência e por esse motivo objetos comuns como canecas de cerâmica de supermercado não podem ser usados. Existem inúmeros fornecedores de objetos prontos e devidamente resinados para sublimação, e a variedade de objetos prontos é bem grande. Embora talvez seja possível fazer o resinamento manualmente, este processo não é recomendável e nem prático.

Para camisetas de malha sintética (malha esportiva)

  • Imagem impressa com tinta para sublimação. Qualquer papel pode ser usado, inclusive o sulfite, mas a qualidade do papel pode afetar ligeiramente a imagem.
  • Prensa térmica ajustada adequadamente
  • Camiseta em malha sintética ou em qualquer tipo de tecido que tenha sido desenvolvido especificamente para o processo de sublimação

Neste processo de sublimação a imagem é transferida diretamente para o tecido sem deixar qualquer marca ou alterar a superfície do tecido – o tecido é “pintado” com as cores da imagem. No entanto este processo deve ser usado somente com camisetas de cor branca ou de cores claras, caso contrário a cor da imagem irá se misturar à cor da impressão: se a mesma for escura demais a imagem não aparecerá. E lembre-se de que a impressora não possui tinta branca.

Para camisetas de algodão ou qualquer outro tecido não desenvolvido especificamente para sublimação

  • Imagem impressa com tinta corante ou pigmentada. É obrigatório usar papel de transfer apropriado para camisetas de algodão.
  • Prensa térmica ajustada adequadamente
  • Camiseta em algodão ou em qualquer outro tipo de tecido

Neste processo de sublimação a imagem não é transferida diretamente para o tecido. O papel usado deve ser especial para este processo. A imagem ficará sobre o papel e o papel irá aderir ao tecido através do calor da prensa. Por este motivo a camiseta ficará mais grossa na área onde o transfer foi feito. Existem dois tipos de papel de transfer: para camisetas de cor clara e para camisetas de cor escura.Você deverá recortar o papel no formato da imagem, ou seja, se quiser transferir um logotipo redondo você terá de recortar o papel neste formato devido ao fato do papel já possuir uma base branca.

Eu estou tendo problemas. E agora?

Você pode buscar ajuda junto ao fornecedor de sua prensa térmica. Alguns fornecedores possuem experiência na área e podem lhe orientar melhor sobre o processo de sublimação. Abaixo listarei os problemas mais comuns e algumas possíveis soluções:

  • A foto ficou fraca na caneca: Pouca pressão na prensa ou temperatura insuficiente. Aumente um pouco a temperatura até encontrar uma que funcione corretamente.
  • A caneca não pegou a imagem: A caneca não apropriada para sublimação. Você só deve usar objetos previamente preparados para sublimação.
  • As cores depois de transferir estão diferentes das cores na tela: Uma ligeira diferença na tonalidade é normal e esperada. Uma diferença maior na tonalidade (por exemplo: pele um tanto esverdeada) normalmente pode ser resolvida ajustando os níveis de cor (ciano, magenta, amarelo) no driver da impressora. Verifique também se a cabeça de impressão não está entupida e se as cores estão sendo imprimidas corretamente e sem falhas.
  • Não consegui transferir na camiseta: Camiseta não apropriada para sublimação ou combinação incorreta de tinta e papel.
  • Comprei 100 canecas e preciso entregar um pedido amanhã mas tentei fazer o transfer e não deu certo: Ah meu amigo, ferrou… você devia ter se informado antes… Essa caneca não é apropriada para sublimação.
  • Fiz o transfer e ficou legal, mas lavei a camiseta e saiu toda a tinta: Camiseta não apropriada para sublimação ou combinação incorreta de tinta e papel.
  • A imagem está descascando: Objeto ou camiseta não apropriado para sublimação, ou combinação incorreta de tinta e papel.
  • Não consigo transferir a imagem na caneca/chinelo/azulejo/etc: Já disse, você tem de usar tinta sublimática. E o objeto tem de ser apropriado para sublimação.
  • Minha impressora está entupindo demais: Nem todas as impressoras são apropriadas para uso com tinta sublimática. As impressoras que originalmente aceitam tinta pigmentada (Epson Durabrite, p.ex.) funcionam melhor com tinta sublimática.

Tem mais alguma dúvida? Mande pra gente.

Atualização em 15/09/2012 – Importante

Ao deixar um comentário a respeito de problemas em sublimação em camisetas (cores incorretas, tonalidade errada, folha não solta, cores sem vida, etc) certifique-se de incluir todas as seguintes informações:

  • Tipo de tinta utilizada (corante, pigmentada ou sublimática)
  • Marca do papel de transfer utilizado
  • Tipo de papel (para tecidos sintéticos, para tecidos de algodão, para camisetas escuras, etc) – essa informação consta na embalagem
  • Nome da loja onde o papel foi adquirido
  • Tecido usado e a sua composição (100% poliéster, por exemplo)
  • Marca e modelo da impressora
  • Tempo de prensagem e temperatura

Sem todas estas informações não será possível tentar ajudá-lo pois o processo de sublimação em camisetas pode ser feito de várias formas e com diversos materiais, cada qual com resultados que podem variar muito.

Compartilhe por aí
  • Aline Gomes Dos Santos

    Olá, estou com um problema, quando faço a estampa em camisetas que não são de poliester (ex.: algodão, poliviscose, etc) o tecido da camiseta fica manchado aonde pega a prensa. fica com o sinal da prensa.

  • Se fica marcado (p.ex. o tecido fica levemente mais afundado) não creio que há muito o que fazer, afinal a prensa precisa …. prensar …. o tecido.

  • Lary Douglas

    Boa noite, tenho uma prensa 60×40 da Rimaq, na parte de cima dela tem como se fosse um adesivo que esta se soltando nas pontas, o que eu faço? Se vende esse adesivo ou tenho que retirá-lo

  • Se não me engano essa é uma película de proteção. Na minha prensa de canecas também soltou, embora ela ainda fique presa por uma parte. Não sei o que poderia acontecer se for retirada, mas até onde eu sei é basicamente uma proteção, talvez para evitar que grude ou algo assim.

    Imagino que isso possa ser substituído por outra coisa, como por exemplo alguma outra película, mesmo que ela não fique presa na prensa em si como esta película.

  • Cassia

    Olá,gostaria de saber uma coisa.Estou tentando passar minhas imagens do papel tranfer para uma camisa 100% algodão,mas quando passo o ferro a imagem inverte (ou seja a parte colorida fica por baixo) e aparece apenas o formato do desenho branco,já tentei de todas as formas e segui conforme o manual mas não está adiantando

  • Olá Cassia. Só pra repassar, o transfer em algodão exige o uso de papel específico para este tecido (mais caro) e tinta pigmentada. Não é necessário inverter a imagem, e este tipo de transfer é basicamente o papel ‘colado’ no tecido com o calor.

    O outro tipo de transfer, feito com papel mais comum e tinta sublimática, só pode ser usado em tecidos 100% poliéster.