Tenho só uma impressora. Posso usar tinta corante/pigmentada/sublimática só trocando o bulk ink?

Infelizmente não é possível. Entenda o porquê.

Alguns visitantes têm perguntado sobre a possibilidade de se usar várias tintas apenas trocando o sistema de alimentação contínua (bulk ink) da impressora. A ideia é tentadora: ter apenas uma impressora capaz de usar duas ou três tintas diferentes, cada qual para uma finalidade diferente: tinta corante para papel fotográfico (glossy), tinta pigmentada para camisetas de algodão e tinta sublimática para canecas de cerâmica e outros produtos.

Mas infelizmente essa não é uma boa ideia.

A impressora sempre guarda uma certa quantidade de tinta dentro da cabeça de impressão. A tinta também é usada para mantê-la lubrificada e evitar problemas como entupimentos ou ressecamentos (desde que a impressora seja usada com certa frequência; impressoras paradas tendem a entupir mais).

Você pode, sim, trocar de uma tinta para outra sempre que necessário mas apenas com a finalidade de converter a impressora. O processo completo da troca de tinta envolve o esvaziamento de todos os reservatórios (ou a remoção do bulk ink antigo e a instalação de um novo), a inserção da nova tinta e a execução de vários ciclos de limpeza, além da impressão de várias folhas, para retirar totalmente a tinta antiga e fazer com que a nova entre na impressora. E a situação fica muito pior em impressoras que utilizam cabeças de impressão com reservatórios grandes, como a linha Officejet da HP.

Quando você apenas troca o bulk ink por outro com uma tinta diferente a tinta nova se misturará à antiga já presente na impressora e isso pode causar alguns problemas na impressão. Não acredito que possa danificar a impressora permanentemente, mas é uma possibilidade bem real assim como um óleo lubrificante ou uma gasolina ruim podem estragar o motor do seu carro. Além disso a nova tinta não sairá de imediato, e é por isso que ao fazer a troca deve-se executar os ciclos de limpeza e as impressões. Esse processo todo é um tanto demorado e além da questão da mistura de tintas citada haverá a perda de produtividade e um grande desperdício de tinta se você precisasse trocar de tinta com frequência.

Portanto, se você precisa trabalhar com mais de uma tinta o ideal é ter mais de uma impressora. Assim você poderá imprimir de imediato, sempre que precisar e em qualquer combinação. Você não precisará agrupar serviços de acordo com o tipo de tinta “para aproveitar”. E como bônus você ainda terá uma segurança maior: já pensou se você tem apenas uma impressora e ela resolve parar de funcionar bem no meio de um pedido urgente? Com duas ou três impressoras você terá equipamentos de reserva à sua disposição.

Como diz o ditado, o barato sai caro. Invista no seu negócio.

Compartilhe por aí
  • Syllas Silveira

    Denis, boa tarde! Tenho uma Epson tx-220 com tinta corante e uso papel glossy 180gr para impressão de fotos. Ficam ótimas, mas não tem grande durabilidade (com o tempo perdem a coloração). Por outro lado, li no site na Epson que as tintas pigmentadas são ideais para fotografia por conta de sua durabilidade, entretanto, vi um comentário seu que esta tinta não é boa para papéis fotográficos… daí, complicou minha cabeça outra vez. Que tipo de papel fotográfico que você não recomenda? Qual seria a tinta melhor x durabilidade para fotos e qual papel. Obrigado

  • Olá Syllas. Infelizmente as tintas pigmentadas podem ter dificuldade em aderir a este papel por ele ser bem liso. As melhores mancham pouco ao passar o dedo, e as piores saem com muita facilidade (especialmente a cor preta). Porém existem tintas muito boas, se você achar uma de ótima qualidade (que certamente vai custar mais caro) então você pode ter bons resultados.

    Na minha opinião o ideal é usar tinta corante. Existem tintas corante que podem ser mais resistentes ao desbotamento, porém é difícil descobrir quais são pois todos os vendedores prometem isso mas é só na prática que descobrimos. Em geral eu não tenho problemas com clientes reclamando disso, e na rara ocasião de alguma reclamação eu simplesmente troco pro cliente sem custo. Porém eu costumo perguntar sobre onde o material será usado, e se for para um quadro por exemplo, eu recomendo que ele coloque moldura de vidro pois o vidro ajuda a combater o desgaste.

    Outra coisa que pode ajudar é fazer a laminação a quente, mas pra isso é necessário adquirir uma termolaminadora. O equipamento é caro mas vale a pena.