Como fazer ímãs de geladeira usando uma impressora jato de tinta

Quer fazer seus próprios ímãs para lembrancinhas ou como brinde de sua empresa? Se você tem muito tempo livre (afinal, é um trabalho artesanal) e pouco dinheiro, aprenda aqui a fazer seus próprios ímãs de geladeira.

Para fazer seus próprios ímãs de geladeira você precisará dos seguintes materiais:

  • Estilete, tesoura ou guilhotina de mesa (pessoalmente não recomendo a guilhotina facão, mas se quiser usar faça testes antes)
  • Papel glossy de 180 gramas ou mais
  • Manta magnética adesivada (você pode encontrar este material no Mercado Livre ou em lojas especializadas em serigrafia/silk screen e comunicação visual; este material é vendido por metro linear e tem largura de 64 cm)
  • Impressora jato de tinta (obviamente)
  • Adesivo transparente tipo Contact (opcional)

Este artigo explica como fazer ímãs de geladeira do tipo retangular. Se você deseja fazer ímãs de geladeira com corte especial (redondo, ovalado, cantos redondos, etc) você deverá utilizar equipamentos adicionais para fazer o corte especial.

Primeiro, crie a arte do seu ímã de geladeira no seu aplicativo de criação favorito – Photoshop, CorelDRAW, Illustrator, etc. Até mesmo o Word ou o PowerPoint podem servir – use aquele que você preferir. O tamanho padrão para ímãs de geladeira retangulares é 4,5 x 5 cm (meio cartão de visita).

Em seguida, duplique a sua arte em toda a folha. Não se esqueça de acrescentar uma borda fina na cor cinza ou marcas de corte em volta do ímã para que você saiba onde cortar posteriormente. Numa folha A4 você pode imprimir 24 ímãs de geladeira no tamanho 4,5 x 5 cm.

O próximo passo é configurar a sua impressora para impressão em papel fotográfico. Daí é só fazer a impressão dos ímãs.

Depois de imprimir os ímãs, pegue o rolo de manta magnética e abra sobre uma mesa. Retire o papel protetor para expor o lado adesivado. A manta magnética possui 64 cm de largura, portanto você pode encaixar três folhas em pé lado a lado, ou duas folhas deitadas lado a lado.

Não tente adesivar a folha inteira de uma vez. Prenda somente o topo dela e então termine de adesivar progressivamente usando sua mão. Se você errar não há como retirar a folha (o adesivo é forte), mas com um pouco de prática você pega o jeito.

Depois de adesivar todas as folhas, separe-as usando o estilete ou a tesoura (mas não corte os ímãs ainda).

Se você quiser acrescentar brilho e proteção aos seus ímãs, aplique o adesivo transparente (tipo Contact) sobre as folhas separadas. Lembre-se que a tinta corante não possui proteção contra raios UV, e uma camada adicional de proteção pode ajudar. Você também pode usar laminação BOPP se você tiver uma termolaminadora ou uma plastificadora: apenas tome cuidado com a temperatura pois o ímã pode derreter ou ficar preso dentro da laminadora.

Por fim, basta cortar os seus ímãs individualmente, usando o estilete, a tesoura ou a guilhotina. Você deve cortá-los um a um, especialmente se estiver usando o estilete, pois os ímãs não se alinham tão facilmente quando colocados um sobre o outro. Eu geralmente começo cortando as fileiras de ímãs e termino cortando os ímãs individuais com uma tesoura.

É isso aí. Espero que este artigo tenha sido útil para você. O processo é o mesmo que utilizo para pequenas tiragens de ímãs, abaixo de 500 unidades. Tem alguma dúvida? É só perguntar!

Compartilhe por aí