Existe alguma impressora capaz de imprimir diretamente em tecido?

Sim, existe. Continue lendo para saber mais.

Existem duas formas de se imprimir em uma camiseta:

  • Usando o processo de termotransferência (transfer sublimático, já discutido amplamente neste site)
  • Usando uma impressora têxtil

Mas o que é essa impressora têxtil?

As impressoras têxteis (garment printer) são apenas impressoras jato de tinta comuns adaptadas para imprimirem diretamente sobre o tecido (ao invés de em folhas). Veja:

Observe que a impressora traz uma base deslizável, onde você pode “vestir” a camiseta de modo que ela fique presa durante a impressão.

Com este tipo de impressora você pode produzir camisetas personalizadas sem a necessidade de usar tinta sublimática, papéis para transfer ou prensas térmicas: basta imprimir e pronto! Existem até modelos de impressoras equipadas com tinta branca para que você possa imprimir em camisetas escuras. Tais impressoras utilizam tinta pigmentada, que oferece excelente resistência ao sol e (possivelmente) boa resistência contra lavagens.

Não tenho muitas informações a respeito deste tipo de equipamento (ainda colocarei as mãos em uma destas!) mas acredito que a qualidade de impressão seja tão boa quanto as camisetas feitas através de transfer, visto que a tinta sublimática também é uma tinta pigmentada – apenas com a característica de termotransferência.

Existem no mercado impressoras têxteis fabricadas especificamente para esta finalidade (Brother, Versajet, ANAJet, etc), e outros equipamentos que são meras adaptações de impressoras existentes, como a Epson 4880. Esta adaptação consiste basicamente da retirada da parte inferior da impressora e instalação de uma mesa que permite prender a camiseta enquanto ela é impressa.

Se você pretende adquirir um equipamento deste tipo para produzir camisetas, aqui vai uma dica: lembre-se de que apesar de serem equipamentos interessantes elas ainda são impressoras jato de tinta, ou seja, um tanto lentas (não que uma impressora com tinta sublimática seja muito mais rápida…). Considere a questão da produtividade antes de investir neste tipo de equipamento.

Compartilhe por aí