Aviso para quem faz chinelos através de sublimação

Tenho recebido diversas dúvidas de usuários que resolveram fazer chinelos através de sublimação, um item muito popular em casamentos e festas em geral. O principal problema que estes usuários estão tendo é com a impressão, que desbota, sai ou fica ruim de alguma forma. Não tenho experiência prática com chinelos mas gostaria de deixar um aviso com alguns pontos que você deve considerar e que acho muito pertinentes.

EDIÇÃO: Atualizado em 20/01/2013 com algumas pequenas correções.

  • Os chinelos virgens (comprados na loja ou no mercado) não podem ser usados diretamente, eles precisam ter uma camada de resina que irá segurar a impressão. O mesmo ocorre com outros produtos como canecas, azulejos, etc.
  • Esta resina encontra-se à venda e existem manuais explicando como fazer o processo, no entanto NÃO É RECOMENDÁVEL SEGUIR POR ESTE CAMINHO. A aplicação, além de ser demorada, pode não ficar boa e causar problemas posteriores ou afetar a qualidade da impressão, sem contar os possíveis efeitos à sua saúde. A princípio não sabemos qual é a composição da resina utilizada e se ela é mesmo apropriada para esse tipo de trabalho. Além disso o interesse do vendedor é apenas vender, e ele não vai se responsabilizar caso ocorram problemas de qualidade com a impressão, ou se houverem problemas posteriormente e os clientes reclamarem.
  • Ao investir em um negócio próprio como este você está buscando a sua independência financeira ou um complemento de sua renda. Qualquer que seja o seu negócio você deve sempre pensar em qualidade, pois produtos ruins ou serviços mal prestados acabam com sua reputação, que por sua vez podem matar o seu negócio definitivamente.
  • Portanto, evite problemas e adquira somente chinelos prontos para sublimação.

Entendo que às vezes não sobra dinheiro já que esse é um negócio não muito barato, mas é necessário considerar outros pontos e ter uma visão de longo prazo. Como diz o ditado, “o barato sai caro”.

  • O chinelo pronto para sublimação não é muito mais caro que o chinelo virgem.
  • Se você comprar um chinelo virgem terá de se preocupar com ainda mais uma coisa, que é prepará-lo para ser usado.
  • Se você comprar um chinelo pronto para sublimação o vendedor do chinelo poderá  se responsabilizar caso ocorram problemas de qualidade. Siga as orientações dele para fazer os chinelos, e se ainda assim ocorrerem problemas, eles terão de trocar o produto pra você, reduzindo o seu prejuízo. Por outro lado você também deve fazer a sua parte e perguntar, antes de comprar, coisas como “Quanto tempo dura? Ela borra com o tempo? E se der problema e o meu cliente reclamar?” já que nem todos os fornecedores são reputáveis.
  • Segundo o Código de Defesa do Consumidor você é responsável pela qualidade dos seus produtos durante pelo menos 3 meses. Já pensou no quanto você terá de gastar se tiver que trocar 100 pares pagando do bolso? E se for uma festa de casamento, já pensou na possibilidade de ser processado por danos morais?
  • Não queira fazer um preço igual ou menor que os seus concorrentes. As pessoas sabem que qualidade custa mais, e os clientes que sempre fazem questão de buscar o mais barato não merecem ser atendidos por você, afinal você quer ser o melhor e não vender porcarias, certo? Se algum cliente lhe disser que fulano faz mais barato, responda: “Os meus chinelos têm durabilidade, garantia e qualidade.” Isso pode fazê-los pensar porque o do seu concorrente custa tão mais barato.

Faça a coisa certa pelo seu negócio, e você terá uma fonta de renda por toda a vida.

Compartilhe por aí
  • rafael amorim

    Olá, Estou interessado em começar a trabalhar com sublimação em chinelos, gostaria de saber se vocês podem me ajudar me informando sobre tal.

    Qual a impressora certa ??
    Qual a maquina de prensa ??
    Tipos de papeis e tintas que uso pra imprimir as arts ??

    Obrigado

  • Olá Rafael. A impressora pode ser qualquer uma da Epson. A prensa pode ser qualquer uma plana. A tinta é do tipo sublimática e o papel é o fosco fotográfico, também conhecido como ‘matte’. Alguns dizem pra usar papel sublimático especial, eu acho besteira por ser mais caro, e esse papel costuma apresentar alguns problemas conforme vários relatos aqui no blog.

    O problema está agora nos chinelos em si. O processo de sublimação que descrevi acima só funciona com objetos previamente preparados para sublimação, e para tecidos 100% poliéster. Achar chinelos prontos para isso pode ser complicado. Chinelos comuns não vão funcionar.

  • rafael amorim

    Denis, andei pesquisando e vi pela net mesmo algumas fabricas e sites que vendem o chinelo já pronto pra sublimação, no caso com o tecido já no chinelo com preços razoáveis acredito, tb vi alguns videos que dizem que o gasto e a mão de obra seria maior se for comprar a maquina pra cortar o chinelo e fazer o processo de resina… pra depois estampar a art.
    Realmente não sei e estou pesquisando a respeito.

    Vocês que atuam nessa área o que poderiam me falar, vale a pena investir nisso ou não ??

    Obrigado por responder 🙂

  • Rafael, faça testes em pequena escala pra ver se você e as pessoas que comprariam o seu produto gostarão do resultado deste chinelo de tecido. Tenho quase certeza de que se você usá-los exclusivamente, algum cliente irá perguntar ‘Mas você não tem aquele tradicional, sem esse tecido?’

    Com relação a cortar e resinar… de fato seria uma mão de obra muito maior. Você também poderia comprar chinelos comuns e resinar. Mas há um grande porém: pessoas já tentaram fazer isso e reportaram aqui no blog diversos problemas com essas resinas. Então, mesma dica: faça testes em pequena escala.

    Investir nisso de personalizar chinelos vale, assim como em qualquer tipo de fotoproduto ou algo que possa ser usado para lembrancinhas de festas – esse é um setor bem movimentado no Brasil e que dá um bom retorno. O negócio é que não existe só o processo produtivo da sublimação.

  • rafael amorim

    Mas esses chinelos tradicionais também pode receber sublimação ou seria apenas simples de uma cor só ???

    Pelo que eu vi e entendi apenas os chinelos resinados ou com o poliéster que podem ser decorado com uma arte ex: foto, montagem ou tema qualquer.

    Obrigado pela atenção

  • Para a sublimação funcionar em qualquer objeto, ele precisa ser pré-resinado. Portanto chinelos comuns não funcionariam.

    Existem estes chinelos com poliéster (o poliéster recebe sublimação sem qualquer preparação prévia) e existem os chinelos comuns resinados para sublimação -mas este último pode ser mais difícil de encontrar, e prepara-los por conta própria pode ser complicado.

    O que você está falando sobre ‘uma cor só’ provavelmente é a serigrafia, que não tem nada a ver com a sublimação.