Serigrafia e sublimação: quais as vantagens e desvantagens de cada um?

Conheça cada um deles e veja qual é o melhor para o seu caso.

O assunto da serigrafia já foi bastante debatido aqui no site através de postagens e perguntas onde eu indico a serigrafia como melhor alternativa. E hoje resolvi revisitar o assunto, para trazer algumas novas informações.

Às vezes surgem dúvidas dos usuários sobre como foi possível personalizar determinado objeto (por exemplo, a parte interior de uma caneca) e parte desses usuários imagina que a sublimação é a única opção disponível, que é a única utilizada pelos fabricantes de personalizados.

A verdade é que existem diversos processos de personalização de objetos. A sublimação é apenas um deles. E a serigrafia é outro processo, que também pode ser facilmente implementado.

O que é a serigrafia?

A serigrafia é um processo de personalização onde se usa uma matriz, chamada de tela, que foi previamente preparada (ou gravada) com a arte que você pretende utilizar. Esta tela é semelhante a um quadro, com uma moldura de madeira ou metal, e um tecido de nylon revestido com um material especial que deixa a tinta passar somente no formato do desenho da sua arte.

De certa forma, o processo de impressão se assemelha ao de um carimbo. Coloca-se tinta sobre a tela, ela é encostada no objeto e passa-se um rodo para puxar a tinta.

Mas a serigrafia não é um processo antiquado e desatualizado?

Nem um pouco! A serigrafia ainda é muito utilizada justamente por ser um processo flexível, de baixo custo e que permite produzir grandes quantidades de um mesmo produto muito rapidamente. A serigrafia pode até mesmo ser usada em escala industrial, com equipamentos específicos permitindo que uma única pessoa possa imprimir até mil camisetas por hora, por exemplo.

E uma das grandes vantagens da serigrafia – a flexibilidade – permite que você, usando as mesmas técnicas e os equipamentos, personalize diversos tipos de objetos – dos mais comuns aos mais estranhos – apenas variando os suportes e as tintas. E existe uma grande variedade de tintas que lhe permitem obter os mais variados efeitos – efeitos que seriam impossíveis com a sublimação como a tinta metalizada.

Então qual é o melhor: serigrafia ou sublimação?

Você não precisa pensar em termos de melhor ou pior. Porque não utilizar as duas técnicas e ampliar a sua oferta de serviços, oferecendo o melhor de ambos a seus clientes?

Vantagens e desvantagens da sublimação

  • Personalização muito fácil com imagens multicoloridas e fotos
  • Grande variedade de objetos a disposição, mas eles precisam ser específicos para sublimação (resinados)
  • Processo rápido: basta imprimir a matriz com tinta sublimática e prensar
  • Cores e efeitos restritos ao que se pode obter com uma impressora comum
  • Não há tinta branca e por isso não é possível personalizar objetos escuros
  • É necessário imprimir uma cópia da arte para cada objeto a ser personalizado
  • Não permite criar efeitos especiais com tinta metalizada
  • É um processo muito restrito em se tratando de personalização de camisetas

Vantagens e desvantagens da serigrafia

  • Personalização muito rápida e de baixo custo para pedidos grandes (centenas ou milhares de unidades)
  • Necessário produzir uma matriz (tela) fazendo com que haja um custo inicial (que pode ser facilmente embutido no preço de venda)
  • A matriz pode ser reutilizada muitas vezes se for bem conservada
  • Pode personalizar qualquer coisa plana ou cilíndrica e não apenas objetos resinados
  • Permite personalizar placas e materiais rígidos como PVC, MDF, madeira, vidro e outros
  • É difícil ou impossível reproduzir fotos, pelo menos com a mesma qualidade da sublimação
  • Deve-se produzir uma matriz para cada cor que será usada, e a personalização deve ser feita uma cor por vez
  • É possível usar tintas especiais como branca, metalizada, fluorescente, que brilha no escuro, e até mesmo tintas que criam efeitos em relevo como a flocada (tipo pelúcia), o puff, o relevo americano, etc
  • Devido a grande flexibilidade, permite personalizar qualquer tipo de camiseta ou produto de tecido, sem exceção

Se você vai entrar no ramo das personalizações, não acredite que a sublimação vai resolver todos os seus problemas. Ela não é uma solução mágica, apesar do que os vendedores e outros usuários possam lhe sugerir. Não se prenda a uma única técnica ou equipamento – busque outras soluções que possam agregar valor ao seu negócio, e te permitam atender o seu cliente da melhor forma possível. Você pode usar a serigrafia, a sublimação e outras técnicas e assim lucrar ainda mais!

Compartilhe por aí